quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Nem toda noite de luar é clara


Tenhamos consciência das cortinas que encerram nossa visão.

Tudo que parece claro, muitas vezes é bem mais escuro do que apresenta-se.


A clareza das coisas não devem ser confundidas com uma claridade de luz.


Tenhamos certeza de que ao estudarmos e praticarmos as leis de Deus, seguindo o evangelho, buscaremos a clareza.


Lua e sol, os dois aclaram a noite e o dia, assim também deve ser com o estudo que o grupo e todos os trabalhadores devem realizar.


Percebam que estamos nos reportando sempre com antônimos, comparações entre dois pontos distintos, mas que se completam.


Obrigada, 


Irmãos orientais

Um comentário:

  1. Essas lições se nos apresentam como dádivas. Esclarecimentos simples, mas de um teor tão profundo!... Consideremos cada ensinamento, na aplicação de nossos atos e pensamentos. É de dentro pra fora que a conciência se ilumina e irradia, por onde quer que estejamos!...

    ResponderExcluir