domingo, 11 de dezembro de 2011

Ela chegará até vós, irmãos e eu peço que entregue estas palavras à ela

Faz algum tempo desde que tudo aconteceu. Foi tudo muito rápido, nem pude ver ou lutar contra. O carro pegou-nos em cheio e de jeito. Quando dei por mim, já estava em um hospital deste lado sendo cuidada com as medicações que eles tem aqui.

Hoje, meus irmãos, posso dizer graças ao Pai Maior, que estou quase totalmente recuperada e já me preparo para trabalhar e auxiliar aos irmãos que chegarão a esse plano, à essa colônia.

Na época que despertei, não quis aceitar os acontecimentos, porque minha familia chorava muito, principalmente a minha mãe. Cada lágrima que via em seu rosto chegava ao meu coração em forma de muita dor, mas consegui superar e me concentrar nas atividades daqui para que desta forma pudesse auxiliá-la. Hoje posso ver como ela já está melhor, procurando conforto nos lares espirituais e encontrando consolação nas palavras do nosso Pai Maior e na reencarnação.

Ela chegará até vós, irmãos e eu peço que entregue estas palavras à ela, para que ela possa ter certeza de que daqui estou olhando e auxiliando, jogando luz e orando para que ela supere aquele terrível acidente.

Fiquem em paz, irmãos e muito obrigado.


Luiza Maria Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário